Viagens: São Francisco – recomendações

Já aqui contei que este Verão passei uma semana de férias incrível em São Francisco. Foi a minha segunda vez na cidade, apesar de a primeira visita no ano passado ter sido muito curta, e deu para ficar a conhecer relativamente bem. Assim, deixo aqui as minhas recomendações de algumas atividades interessantes para se fazer em São Francisco, no formato de um top 10 + 1.

1 – Atravessar a Golden Gate Bridge de bicicleta
A Golden Gate é provavelmente o principal símbolo da cidade de São Francisco. Não há como ir lá e não tirar pelo menos uma fotografia à ponte. Eu penso que a ponte é bonita, mas na minha opinião, a atividade mais engraçada relacionada com a ponte é mesmo atravessá-la de bicicleta. Há imensos empresas em São Francisco de aluguer de bicicletas, não é nada caro, o preço mais standard é cerca de 8 a 10$ por hora ou então 30 a 36$ por 24 horas, e permite-nos ter várias perspetivas da ponte. Há muitas pessoas a fazerem isso, o que pode tornar a coisa não muito fácil, mas ainda assim penso ser uma atividade que vale a pena. Para quem não se sentir confortável a andar de bicicleta, pode sempre atravessar a pé. É igualmente giro mas vai demorar mais algum tempo, mas para quem gosta de andar a pé, não é nada de extraordinário. Há montes de possibilidades para tirar fotografias, tanto enquanto nos estamos a aproximar da ponte como depois lá em cima.
Depois de atravessarmos a ponte e de andarmos mais um pouco, chegamos a Sausalito, uma cidade pequena e engraçada, e outra parte gira desta atividade é voltar para São Francisco de ferry. Claro que se pode voltar novamente de bicicleta ou a pé, mas fazê-lo de ferry permite ter mais uma perspetiva da ponte, dando oportunidade para mais uma série de belas fotografias.

DSC00862.JPG

DSC00903.JPG

2 – Museu da Ciência – California Academy of Sciences
Cada vez faço menos questão de ir a museus quando viajo, talvez um, no máximo dois por viagem. E quando há um museu de ciência nos sítios aonde vou, quase sempre será esse o escolhido. Em São Francisco há o California Academy of Sciences e foi esse que decidi visitar. Gostei muito do museu, não tanto como do Museu da Ciência de Londres, mas ainda assim bastante bom. O museu tem várias secções permanentes:
O aquário – idêntico aos nossos Oceanário o Sealife.
O planetário – que para mim foi uma desilusão, basicamente apenas um filme num ecrã gigante em forma de cúpula.
O museu de história natural – não visitei.
A floresta tropical – para mim a parte mais interessante, basicamente é um grande casulo em forma de cúpula onde vamos subindo em espiral e vendo diferentes plantas e animais, incluindo borboletas à solta.
Além disso tem várias exposições temporárias. A que gostei mais quando visitei foi a dos terramotos, que incluia um simulador de terramotos muito interessante.

dsc00822

DSC00827.JPG

3 – Os parques
São Francisco tem tantos parques que o difícil é escolher. Os que visitei foram:
– Bernal Heights Park – vistas lindas da cidade e um sítio muito calmo e com poucas pessoas, ótimo para relaxar. Adorei este parque.
– Buena Vista Park – também tem vistas lindas da cidade.
– Golden Gate Park – onde se situa o museu da ciência. Também se pode alugar bicicletas neste parque (o que fiz no ano passado e recomendo).
– Lands End – onde fica o Lands End trail, um trilho lindo junto ao mar que adorei fazer.
– Presidio – por onde tem de se passar para fazer a travessia da ponte.
– Mission Dolores Park – um marco da Mission district onde vale a pena parar para fazer um piquenique.

DSC00381.JPG

DSC01049.JPG

4 – New Valley
Esta é uma região bastante trendy da cidade, gostei muito do estilo, com sítios muito interessantes para comer e para fazer compras. Tem lojinhas pequenas e independentes, vários cafés, pastelarias e restaurantes. Uma boa zona para passear.

5 – Ferry building e mercado
O Ferry Builiding fica no fim da Market St. e apesar de ter lá dentro lojinhas e sítios para comer, recomendo a visita ao sábado de manhã, quando acontece o farmer’s market. O mercado é lindo, com frutas e flores maravilhosos. Comi lá o pêssego mais doce e sumarento da minha vida. Para além dos produtos dos agricultores, à também stands com comida cozinhada à venda, por isso é o ideal para o almoço de sábado. Também têm eventos mas para isso convém consultar a programação. Eu assisti a um showcooking de um chef com estrela Michelin.

DSC00499.JPG

DSC00508.JPG

6 – Compras na Market St.
A Market St. é o sítio ideal para ir às compras. Lá encontram-se várias lojas, principalmente entre a Market St. e a Union Square, como Old Navy, Levi’s, Urban Outfitters, Gap, Nike, Zara, Tiffany’s e também a Macy’s (department store ao estilo El Corte Inglés). Encontram-se também vários sítios para comer. Recomendo experimentar uma fatia de cheesecake (boa sorte a escolher!) na Cheesecake Factory localizada no piso superior da Macy’s.

7 – Fisherman’s Warf
O Fisherman’s Warf é talvez a zona mais turística de São Francisco. Aqui pode-se encontrar um sem fim de lojas de souvenirs, sempre muita gente, alguns bons sítios para comer (outros nem tanto) e muito clam chowder. Aviso: muito cuidado com o clam chowder. Este é um prato americano típico, mas ao contrário do que se possa pensar quando se visita São Francisco, este prato teve a sua origem na outra ponta do país, ou seja, em New England. Segundo me informei, o clam chowder servido no Fisherman’s Warf de São Francisco não é particularmente de boa qualidade pelo que optei por não experimentar. É mais uma tourist attraction do que outra coisa qualquer, e decidi deixar este prato para experimentar quando for a New England, o que está previsto para breve. Mas o Fisherman’s Warf é um sítio giro para se visitar, eu gosto particularmente de ir lá ao final do dia, início da noite, para um jantar um pouco mais cedo quando estou cansada de um dia inteiro a passear.

DSC00436.JPG

Os próximos três itens são relacionados com comida porque é algo que gosto (comer) e porque penso que uma experiência num sítio novo não fica completa sem experimentar também a comida local.

8 – Food trucks
Uma coisa é certa: São Francisco tem food trucks fenomenais. Para quem não conhece o conceito, consiste realmente em comida vendida em roulotes e pode-se encontrar de tudo. Desde mexicano, asiático (vários tipos), americano, passando por misturas de duas cozinhas (por exemplo, um dos trucks mais conhecidos, Señor Sisig, mistura mexicano com filipino), não falta por onde escolher. A comida é normalmente muito boa e barata. Para saber a localização dos trucks há que consultar o Off the grid e depois é só escolher. Para mim, esta é uma das experiências que não pode faltar em São Francisco.

SAM_4710.JPG

9 – Ghirardelli’s
Esta é apenas e só a melhor loja do mundo para quem gosta de chocolate. A Ghirardelli é a divisão americana da Lindt e tem chocolates deliciosos, nomeadamente os seus famosos quadrados com vários tipos de recheio. Eu sou fã dos quadrados com recheio de caramelo e há montes de combinações com chocolate de leite, chocolate negro, caramelo salgado, enfim, uma perdição. Na praça Ghirardelli (junto ao Ficherman’s Warf) há também a loja de gelados onde é possível comer sandaes gigantescos (aconselho a partilhar), ou apenas cones com bola de gelado e molho, que como podem ver abaixo, já é só por si um gelado com dimensões consideráveis. Há outras lojas Ghirardelli espalhadas pela cidade mas pelo menos uma visita à loja da praça considero indispensável.

DSC00488.JPG

DSC00489.JPG

10 – St. Francis Soda Fountain
Este é o único restaurante que vou recomendar porque em São Francisco há tantos, mas tantos restaurantes, que dão para todos os gostos, que confio que cada um consiga encontrar aquilo que mais gosta. Mas este, para mim, é especial e merece uma visita porque:
1) A comida é boa
2) É muito engraçado e diferente de tudo o que já vi
3) Tem preços bastante em conta para a cidade e
4) Servem pequenos-almoços até às 15h (!!!) (aos fins de semana até às 16h)
Este restaurante existe desde 1918 e está em operação contínua desde essa altura. Está decorado de maneira a simular as antigas soda shops (tipicamente americanas) e ainda servem muitos dos artigos característicos dessas lojas (egg cream soda, root beer float, etc), além de milkshakes, gelados e dos vários pratos típicos dos pequenos almoços americanos, bem como hamburgueres e mais alguns pratos. Além disso, têm uma boa seleção de pratos vegetarianos (como é o caso de muitos dos restaurantes em São Francisco). Aconselho mesmo uma visita, ou idealmente duas, uma para pequeno almoço e outra para uma sobremesa (se bem que nunca ninguém disse que não se podia comer sobremesa ao pequeno almoço).

Por último (já fora do top 10), um sítio fora de São Francisco, para quem tiver tempo e se quiser aventurar um pouquinho ao longo da costa do Pacífico.

11 – Monterey
Esta cidade fica a cerca de duas horas de São Francisco e para quem for com tempo aconselho a visita, dá perfeitamente para ir e vir no mesmo dia com um carro alugado. Além de permitir percorrer um pouco da Highway 1 ao longo do Pacífico, a cidade é deslumbrante. É uma cidade costeira pequena muito tipicamente americana, por isso vê-se muito bem num dia. Tem o Monterey Bay Aquarium e a baía é uma zona protegida, pelo que as águas são extremamente límpidas. À noite, o centro da cidade é encantador, com imensas luzinhas nas árvores e nas ruas, restaurantes e pequenas lojas abertas.

SAM_4864.JPG

SAM_4897.JPG

Dicas adicionais para visitas a São Francisco:

  • Se puderem comprem um SIM card. Eu comprei um por 20$ com dados e chamadas ilimitadas para vários países, incluindo Portugal, durante um mês. Dá imenso jeito para ligar para casa e para usar aplicações e net no telemóvel em qualquer lugar e sem limites.
  • Usem a aplicação do Yelp. Em Portugal, quando quero consultar opiniões sobre um restaurante antes de lá ir, consulto sempre o Tripadvisor. No entanto, nos EUA, o Yelp é muito mais usado do que o Tripadvisor pelo que tem muitas mais classificações e opiniões. Se estiverem em algum sítio o quiserem parar para comer, podem usar a aplicação para consultar o que há por perto.
  • Usem o Uber. São Francisco é a cidade berço do Uber e há sempre Ubers às montanhas. Podem usar o pool e poupar ainda mais, os condutores são muito simpáticos e num instante chegam a qualquer sítio.
  • Vistam camadas! Em São Francisco faz frio de manhã e à noite durante a maior parte do ano, enquanto que a meio do dia chega a fazer bastante calor. Por isso não pensem que por irem para a Califórnia podem levar apenas calções e t-shirts porque se o fizerem vão passar frio na certa!
  • Se gostarem de café, esqueçam os Starbucks e os Peet’s Coffee e vão antes ao Philz Coffee. É uma cadeia local de São Francisco (há imensas lojas espalhadas pela cidade) e tem vários tipos de café mas do bom! A sério, quem gostar de café não se vai arrepender, mesmo que não seja muito fã do café americano (o mint mojito é ótimo para quem gosta de café frio).
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s